Tipos de acomodações na Inglaterra – e como escolher a melhor opção para o seu Projeto

E quem diria que uma tarefa tão básica quanto alugar uma casa pode ser um desafio na dona Inglaterra?

Desde que pisei em UK, já tive 8 endereços diferentes em pouco mais de 4 anos – e neste momento estou em busca da minha morada número 9. Nesse artigo vou contar um pouquinho sobre minhas experiências, e passar informações essenciais para que você possa encontrar seu cantinho no Reino Unido.

Localização

Mapa das zonas de Londres

Antes de pensar em alugar qualquer tipo de acomodação é muito importante você pensar na localização do imóvel que você quer. Já falei aqui antes como funciona o mapa de Londres e sobre o transporte público da cidade. A matemática da dona Inglaterra é a seguinte: quanto mais perto do centro da cidade, mais caro o aluguel, e se você mora longe do centro mas faz esse percurso com frequência, você vai gastar muito com transporte. Você tem que colocar na balança onde você vai trabalhar ou estudar, e que tipo de acomodação você quer. Por exemplo, se você vem para a Inglaterra com a sua família você provavelmente vai querer alugar uma casa maior. O ideal seria trabalhar perto de onde você for morar, assim você economiza com transporte.

Para saber os preços dos trens de Londres, clique aqui.

Como estamos procurando uma casa nos arredores de Londres, pesquisei algumas cidades próximas – onde seria possível alugar uma casa maior, com um preço menor e ter fácil acesso à Londres. Estes são os preços de uma passagem de trem, ida e volta, fora do horário de pico (entre 9:30 e 16:00, e entre 19:00 até o último trem), de cada uma das cidades que pesquisei:

Slough – £11
Watford – £12
Luton – £17
Milton Keynes – £17
Hemel Hampstead – £19
Stevenage – £21
Reading – £21
Hitching – £21
Leighton Buzzard – £21
Bletchley – £21
High Wycombe – £22
Biggleswade – £22
Aylesbury – £23
Royston – £24
Bedford – £25

Eu usei o site Omio para fazer essa pesquisa porque a Inglaterra possui diversas empresas de trem, e este site faz uma pesquisa por todas elas. Outro site que faz o mesmo tipo de busca é o The Trainline.

Claro que essas são somente algumas opções de cidades de Londres, e se você escolher um passe anual você acaba economizando, mas já dá pra ter uma boa ideia de preço.

Resumindo, a dica é: leve em consideração o preço do aluguel, sua rotina, suas necessidades e o preço do transporte. Aí então é que começa a verdadeira busca.

Airbnb

Meu primeiro endereço em Londres, lá em 2013, foi um Airbnb. Como não conhecíamos a cidade, reservamos hospedagem para uma semana e acho que valeu super a pena. Foi ótimo para chegar em Londres, conhecer alguns bairros, entender a dinâmica da cidade e poder alugar um outro lugar por mais tempo. Não recomendo de forma nenhuma alugar uma acomodação por um período longo sem conhecer a acomodação ou a empresa ou pessoa com quem você está fechando negócio. Tem sim muita gente aplicando golpes desse tipo, então eu te aconselho a alugar um lugar através de uma empresa confiável por um curto período de tempo e procurar pessoalmente.

Clique aqui para ganhar até £21 no Airbnb

Clique aqui para ganhar £15 no Booking.com

Aluguel de quartos

Na Inglaterra, e principalmente em Londres, é muito comum você dividir casa com diversas pessoas – já que o preço do aluguel é bem salgado. Você pode dividir um quarto com uma ou várias pessoas, ter um quarto particular e dividir banheiro e cozinha, ou até mesmo ser sortudo de conseguir um quarto com banheiro particular e dividir somente a cozinha.

Já alugamos quarto por um tempo, e só posso te dizer uma coisa: é uma grande loteria. Pode ser que você divida a casa com pessoas muito bacanas, com pessoas reservadas (que trabalham o dia todo fora e você vê de vez em nunca), e pode ser que você tenha muita dor de cabeça também.

Existem agências que trabalham com aluguel de quartos, mas eu não posso indicar por aqui porque nunca contratei uma agência (não vou indicar sem conhecer o serviço, né?). Outra opção é entrar nos diversos grupos de Facebook de brasileiros em Londres (ou em outras cidades de UK), e ficar de olho nos anúncios (ou criar um post perguntando por hospedagens). Outra possibilidade é acessar o site SpareRoom ou o Gumtree, que também possuem anúncios de quartos. E mais uma vez, não te indico a pagar nada sem ver o local e ter certeza de que é uma oferta legítima. Muito cuidado com trambiqueiros!

Quitinete

Foto: IQ Student Accommodation

E se você estiver em casal, com um amigo muito próximo, ou se quiser mais privacidade (e estiver disposto a pagar um pouco a mais por isso), uma boa opção é alugar uma quitinete. Existem muitas acomodações estudantis em Londres que você pode alugar caso esteja matriculado em algum curso na cidade. Muitas vezes, estudantes alugam essas acomodações e por algum motivo não usam por todo o período contratado. É uma boa oportunidade para você alugar direto com esses estudantes e conseguir o tão sonhado cantinho só para você.

Para encontrar uma quitinete disponível, o ideal é procurar por acomodações estudantis no Google, caso você seja estudante (muitas vezes a sua escola tem alguma para indicar). Se você não estiver matriculado em nenhum curso, você pode acompanhar os grupos de Facebook ou procurar no Gumtree.

Alugando uma casa/apartamento

Alugar uma casa ou apartamento assim que você chega na Inglaterra é uma tarefa bem difícil – afinal, você não tem histórico nenhum no país. O jeito mais “fácil”, é pagando alguns meses de aluguel adiantado. Visto que mudar de país envolve diversos gastos, e que o Real é uma moeda muito fraca quando comparada à Libra Esterlina, é muito difícil para a grande maioria conseguir juntar tanto dinheiro para pagar meses de aluguel adiantados (no meu caso, só consegui alugar uma casa depois de quase 2 anos de Inglaterra).

A segunda opção é começar por uma das opções anteriores, criar um histórico no país (documentos ok, contas pagas, emprego fixo ou autônomo, etc), e só então começar a procurar uma casa.

Os sites mais usados para procurar imóveis são o Gumtree, Zoopla e RightMove.

Agora me conta, você tem alguma dica para quem quer morar na Inglaterra? Já dividiu casa? Ou conseguiu alugar logo de cara? Conta sua experiência pra gente!

Aproveite e se inscreva no canal do Youtube do Projeto UK! Os próximos vídeos do canal são relacionados à moradia, então se você tem interesse no assunto, inscreva-se e ative as notificações. 😊

Siga o Projeto UK no Instagram

Curta o Projeto UK no Facebook

Inscreva-se no canal do Youtube

Até a próxima!

Beatriz


Comente:

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.